Sociedade | 10-09-2019 12:30

Estação de Alhandra vai continuar encerrada depois do Verão

Estação de Alhandra vai continuar encerrada depois do Verão
TRANSPORTE PÚBLICO

Utentes ficam sem local onde esperar abrigados da chuva e sem casas-de-banho. Comissão de utentes está indignada e entregou novo abaixo-assinado. Presidente da câmara considera a situação inaceitável.

A expectativa dos muitos utentes que todas as semanas apanham o comboio em Alhandra de ver a estação reabrir no final de Agosto não se concretizou e o edifício continuará encerrado em Setembro. A novidade foi deixada aos utentes pela Infraestuturas de Portugal, num comunicado afixado na estação, o que tem gerado queixas da comunidade e já motivou também um pedido de reunião com o ministro das Infraestruturas e Habitação por parte da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

A CP já tinha informado que quando o ponto de atendimento público estiver fechado os utentes podem adquirir os títulos, normalmente, através das máquinas automáticas ou até no interior do comboio junto do revisor, garantindo que o fecho da estação tem um carácter temporário e está relacionada com o período de férias do pessoal. Mas não informa quando a planeia reabrir e retomar a normalidade de horários.
O fecho da estação deixa os utentes sem casas-de-banho nem bancos onde se sentar ou abrigar em caso de chuva e vento forte, o que tem gerado fortes críticas da comunidade. A situação afecta, em particular, idosos, grávidas e pessoas de mobilidade reduzida.

A comissão de utentes mobilizou um novo abaixo-assinado, com mais 1.500 assinaturas, que entregou na última semana em reunião de câmara. Somam-se a outras 1.300 já entregues em Junho, reivindicando que a estação possa para reabrir “o quanto antes”.

Francisco Mendes, em representação da comissão de utentes, explica que a situação tem causado transtornos grandes em quem usa o comboio nas suas deslocações para o trabalho e lamenta que nada tenha sido feito desde Junho para inverter o cenário de fecho da estação, apesar de toda a contestação popular. “As pessoas com mais idade não sabem funcionar com as máquinas e continuam com problemas. Ainda há dias tive de me deslocar até à bilheteira para ajudar um casal que não sabia mexer naquilo”, criticou.

Pedida reunião com ministro

Alberto Mesquita (PS), presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, também critica o encerramento da estação e já comunicou à empresa o seu desagrado. “Não estamos nada de acordo com esta solução e não é aceitável que esta situação se faça em prejuízo da população”, declarou. O autarca já pediu uma reunião com o ministro das Infraestruturas e da Habitação e garante que vai continuar a insistir para ver se consegue uma solução para o problema.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Médio Tejo