Sociedade | 08-10-2019 18:00

O jogo do gato e do Rato

O jogo do gato e do Rato
CARTOON DA NOTICIA

O vereador da Câmara de Santarém Ricardo Rato, que tem entre os seus pelouros o canil e gatil municipal, admitiu na última reunião do executivo que é “quase um inferno” conseguir capturar os animais errantes na rua para esterilização.

O vereador da Câmara de Santarém Ricardo Rato, que tem entre os seus pelouros o canil e gatil municipal, admitiu na última reunião do executivo que é “quase um inferno” conseguir capturar os animais errantes na rua para esterilização. O autarca referiu que os gatos são de longe os que dão mais trabalho e complicações, pois são mais difíceis de apanhar e muitas vezes fogem até de quem lhes dá comida. A prioridade da autarquia nesse campo da esterilização é portanto dada à captura e esterilização de felinos errantes, não esquecendo os que se encontram ao cuidado do gatil municipal e da ASPA - Associação Scalabitana de Protecção Animal. O município pondera ainda criar apoios à esterilização de gatos de famílias com dificuldades económicas, já que cada operação custa entre 30 a 40 euros só em material veterinário. O vereador considera que as esterilizações são a primeira arma para combater o abandono de animais, assim eles se deixem apanhar nesta espécie de jogo entre o gato e o vereador Ricardo Rato e respectiva equipa...

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Médio Tejo