Sociedade | 17-10-2019 14:31

CTT falham mais uma vez a entrega de O MIRANTE à quinta-feira

CTT falham mais uma vez a entrega de O MIRANTE à quinta-feira

A edição de O MIRANTE desta semana ficou retida em Cabo Ruivo. O jornal foi entregue a tempo e horas e até agora não foi dada qualquer explicação razoável para a falha grave do serviço à empresa editora de O MIRANTE e aos assinantes.

Os Correios receberam ontem em Cabo Ruivo, em Lisboa, antes das 18 horas, muito a tempo da hora limite estipulada no contrato para entrega do jornal, toda a edição impressa que deveria ter sido distribuída hoje, quinta-feira, dia 17 de Outubro. Por razões que ainda não nos foram explicadas, o jornal terá ficado nas instalações da empresa. O MIRANTE paga a tempo e horas aos Correios, desde há 32 anos, com bom ou mau serviço, como é o caso desta semana. Os CTT cobram valores muito significativos pela distribuição do jornal mas com alguma regularidade põem em causa a sobrevivência da nossa empresa e dos postos de trabalho com um mau serviço de distribuição do jornal que tem, na assinatura, a sua política de sucesso empresarial e editorial, escreveu hoje pela manhã por carta dirigida aos organismos competentes o director geral de O MIRANTE

Joaquim António Emídio escreveu ao presidente da Associação Portuguesa de Imprensa ( API), à Ministra da Cultura,que tutela no Governo o sector da comunicação social, à ANACOM, a autoridade reguladora em Portugal das comunicações postais e eletrónicas, e fez chegar notícia das " falhas graves do operador postal que não cumpre as regras de mercado, e cobra, e tem um relacionamento comercial, como se fosse dono do negócio".

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo