Sociedade | 05-11-2019 10:00

Cimpor reforçou ligação à comunidade com corrida solidária

Cimpor reforçou ligação à comunidade com corrida solidária
SOLIDARIEDADE

Evento em Alhandra teve como objectivo ajudar os bombeiros da vila. A prova foi repartida entre distâncias de 10 quilómetros de corrida e quatro quilómetros de caminhada.

Cerca de 400 pessoas juntaram-se em Alhandra na manhã de domingo, 27 de Outubro, para participar na primeira caminhada e corrida solidária promovida pela Cimpor a favor dos bombeiros daquela vila.

O evento, inédito na localidade, proporcionou um dia diferente à comunidade e transformou as ruas de Alhandra numa pista de corrida e caminhada, numa união entre a fábrica da Cimpor e a comunidade. Os bombeiros da vila conseguiram também receber um importante apoio financeiro para reforçar a sua actividade diária.

“A Cimpor gosta de ter estas iniciativas para chamar a população de Alhandra. Sendo a favor da saúde e da comunidade, é importante que tenha havido essa participação e estivemos muito empenhados”, explica a O MIRANTE o CEO da empresa, Luís Fernandes.

O executivo também participou na prova. Confessa-se um corredor ocasional mas como se tratava de uma boa causa não quis ficar de fora. “O desporto é fundamental. Faço karaté desde os 16 anos e a componente física é muito importante para o stress que muitas vezes acumulamos nestas actividades”, explica.

A prova teve como ponto de partida e chegada a Rua Henrique Taveira, junto à fábrica da Cimpor, e percorreu as principais artérias e paisagens ribeirinhas da vila de Alhandra. Pedro Cruz é de Alhandra e não conseguiu participar na prova por estar lesionado, optando por ficar no passeio a apoiar os atletas. Mas elogiou a iniciativa e diz esperar que se repita no futuro. “Além de ajudar os bombeiros traz também alguma vida ao centro da vila e por isso acho que foi uma iniciativa da Cimpor que se deve aplaudir”, conta.

A prova foi ganha por Pedro Gaspar, individual, com um tempo de 31 minutos e 36 segundos. Completaram o pódio Sérgio Silva, do Clube de Futebol Os Belenenses, e Hugo Rodrigues, do Vitória Futebol Clube. Cristina Ponte, 46 anos, foi a primeira mulher a chegar à meta, em 20º lugar, com um tempo de 40 minutos e 46 segundos. O evento contou com o apoio da Câmara de Vila Franca de Xira, PSP e da União de Freguesias de Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz, tendo também participado na prova o seu presidente, Mário Cantiga, na vertente de caminhada.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Médio Tejo