Sociedade | 07-11-2019 15:00

Presidente de Alcanena ainda não mandou maus cheiros para tribunal

Presidente de Alcanena ainda não mandou maus cheiros para tribunal

Autarca prometeu entregar queixa ao Ministério Público por descargas poluentes de algumas indústrias de curtumes.

A queixa que a presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS), disse que ia enviar para o Ministério Público (MP), devido aos maus cheiros causados por descargas poluentes de algumas indústrias de curtumes, ainda não avançou. A vice-presidente da autarquia, Maria João Gomez (PS), referiu a O MIRANTE que a queixa está a ser “preparada”, para posteriormente ser aprovada em reunião de câmara e seguir para o MP.

Recorde-se que no dia 14 de Outubro, durante uma assembleia municipal extraordinária, que decorreu no Cine Teatro São Pedro, perante mais de duas centenas de populares, onde estiveram em debate os maus cheiros que têm atingido vila, Fernanda Asseiceira garantiu que essa seria uma das medidas a implementar para apurar quem são os infractores e puní-los.

*Notícia desenvolvida na edição semanal em papel desta quinta-feira

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Médio Tejo