Sociedade | 13-11-2019 12:30

Piscina de Vila Franca de Xira está a meter água

Piscina de Vila Franca de Xira está a meter água

Há pelo menos dois anos que a cobertura exterior da piscina de Vila Franca de Xira tem dado problemas devido à degradação de algumas telhas, que precisam de ser substituídas.

A piscina municipal de Vila Franca de Xira tem dado problemas ao nível da cobertura, que tem causado infiltrações e por isso o espaço deverá entrar em obras até ao próximo Verão. É uma tentativa do município para acabar de vez com um problema que se arrasta há pelo menos dois anos.

O projecto está na fase final e deverá ficar pronto até ao final do ano, permitindo que nos primeiros meses de 2020 seja lançado o concurso para substituição integral de toda a cobertura. Até aqui o problema vinha sendo minorado com a substituição pontual de algumas telhas, mas o problema de fundo mantinha-se. “O que começámos a fazer este ano foi desenvolver um projecto que não tem só a ver com a eficiência energética mas também com a resolução deste problema”, explica António Félix, vereador com o pelouro do desporto naquele município.

A obra terá um custo financeiro “significativo” mas ainda não divulgado, sendo que o próximo Verão é a data mais certa para o arranque dos trabalhos. “Vamos resolver dois problemas: não apenas a entrada de água em algumas partes da piscina mas também tornar a piscina energeticamente mais eficiente, o que a longo prazo traz poupança para o município”, explica.

O presidente da Câmara de Vila Franca de Xira também admite que a obra vai ser “extremamente exigente e complexa” em termos técnicos e que, depois de vários anos a empurrar o problema, está na hora de o resolver. “Espero no próximo ano ter a cobertura instalada e tudo a funcionar”, afirma Alberto Mesquita.

Inaugurado em 2005, o complexo das piscinas de Vila Franca de Xira não tem parado de crescer e conta já com mais de quatro mil utilizadores por mês. Entre Santarém e Lisboa é das poucas piscinas municipais com um tanque de 50 metros, capaz de permitir provas federadas de nível nacional e internacional. A piscina tem também uma forte componente social, sobretudo no que respeita à terceira idade, uma vez que muitos idosos alargam os seus contactos através das actividades desportivas realizadas no complexo.

Para lá das várias actividades aquáticas como a hidroterapia, hidrocycling e natação sincronizada, o complexo tem também um ginásio onde é possível fazer musculação, cardiofitness, aerocombat, fit ball e stretching.

Mais Notícias

    A carregar...