Sociedade | 15-11-2019 16:05

Escola Superior de Educação de Santarém comemorou 40 anos

Escola Superior de Educação de Santarém comemorou 40 anos
DR

Na data do aniversário, 12 de Novembro, foram inauguradas duas exposições sobre a missão de Luiza Andaluz, fundadora do Colégio Andaluz, sede do Instituto Politécnico de Santarém.

Sob o tema “A importância da Memória”, a Escola Superior de Educação (ESE) do Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém) celebrou a 12 de Novembro o seu 40º aniversário. A Sessão de Abertura das comemorações contou com a presença da directora da ESE-IPSantarém, Susana Colaço, do vice-presidente IPSantarém, Nuno Bordalo Pacheco, de Ana Loureiro em representação Assembleia de Escola da ESE-IPSantarém e de Pedro Amendoeira da Associação de Estudantes da ESE-IPSantarém. Na cerimónia, com animação a cargo da Tuna da ESES, Issótuna, foram homenageadas Ana Dias, técnica superior, e a docente Sílvia Madeira, ambas com mais de 25 anos ao serviço da instituição. A ocasião serviu também para o lançamento do livro «Estórias Infantis – uma Biblioteca do Sentir e do Crescer», de autoria de Sílvia Madeira, numa edição ESES/Grácio Editor.
Os 40 anos de história da instituição foram lembrados por alguns dos seus protagonistas como António Pedro Manique, antigo presidente do conselho directivo da ESE-IPSantarém, e por funcionários e docentes, alguns já aposentados, como António Mesquita Guimarães, Emerenciana Luís, Carlos Colaço, Célia Mercê, Célia Peneireiro, Filipa Oliveira, Marta Pinha Figueiredo ou Valter Madureira.
Inês Barroso, vereadora da educação da Câmara Municipal de Santarém marcou presença na conversa sobre passagens e permanências por espaços do actual Complexo Andaluz. Momento marcado também pela inauguração das exposições “Descobrir Luiza Andaluz”, que ficará patente ao público até 18 de Dezembro de 2020, e “Colégio Andaluz, um símbolo escalabitano”, que pode ser visitada até 30 de Abril de 2020. Ambas sobre a
missão de Luiza Andaluz, fundadora da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, que deixou marcas na sua cidade natal, Santarém. O Colégio Andaluz é considerado uma das suas obras mais marcantes, estando o edifício ao serviço da Educação até hoje, em que é sede do Instituto Politécnico de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1462
    29-04-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1462
    29-04-2020
    Capa Vale Tejo