Sociedade | 28-11-2019 18:00

Filosofia ameaçada por um mundo de informação feita para não pensar

Filosofia ameaçada por um mundo de informação feita para não pensar

Carlos Valverde e Pedro Vitória são professores de filosofia há várias décadas e falam sobre esta disciplina que não é fácil, por obrigar a pensar.

A filosofia, por ensinar a pensar de forma crítica e autónoma, não é uma disciplina fácil. E muito menos num tempo em que parar para pensar é cada vez mais difícil, devido a apelos constantes à nossa atenção e ao fornecimento em catadupa, de informação tão atractiva como supérflua.

Para Carlos Valverde, de 60 anos, professor de filosofia há mais de 30 anos, actualmente na Escola Secundária Marquesa de Alorna, em Almeirim, a filosofia é uma disciplina que pode ser ensinada em qualquer idade, dependendo do nível de aprofundamento ou abordagem que se faz.

“No ensino secundário, onde a disciplina está integrada curricularmente as idades são de uma fase de transição (15/16 anos), mas quando os assuntos são devidamente enquadrados os alunos conseguem percebê-los”, garante o professor, acrescentando que em Almeirim já houve uma experiência de introduzir a filosofia para crianças, mas a avaliação feita não foi a mais positiva e por isso recuou-se.

*Reportagem completa na edição semanal em papel desta quinta-feira

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo