Sociedade | 29-11-2019 11:34

Discussão nas redes sociais acaba em briga na Escola Secundária do Sardoal

GNR identificou agressor, de 16 anos, que não pertence ao estabelecimento escolar e processo segue para o Ministério Público.

Um aluno de 15 anos da Escola E.B. 2,3 e Secundária do Sardoal e outro de 16 anos, que não pertence a este estabelecimento de ensino, envolveram-se numa briga dentro do recinto escolar por causa de uma discussão nas redes sociais.

O agressor entrou na escola por volta da hora de almoço, tendo sido permitida a entrada porque este disse que ia à secretaria tratar de um processo de transferência para este estabelecimento de ensino.

Segundo o presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, disse a O MIRANTE, o jovem foi identificado antes de entrar e todos os procedimentos de segurança foram desenvolvidos.

Quando o alegado agressor, de 16 anos, entrou no recinto escolar encontrou o aluno de 15 anos e agrediu-o. Ao que O MIRANTE apurou esta situação que terminou em agressão terão começado nas redes sociais.

O Capitão Flambó, do destacamento da GNR de Abrantes, explicou a O MIRANTE que foram chamados ao local tendo a GNR tomado conta da ocorrência. O processo segue agora para o Ministério Público.

A direcção do Agrupamento de Escolas do Sardoal abriu um processo de inquérito para averiguar os factos que estão na origem da agressão. O aluno agredido foi transportado ao Hospital de Abrantes apresentando escoriações e hematomas.

A vítima é filho do presidente da Junta de Freguesia do Sardoal que disse, na sua página da rede social Facebook, que lamentou o seu filho ter sido agredido de forma “despropositada e gratuita”. Miguel Alves garantiu que vai avançar para as instâncias competentes.

O presidente da Câmara do Sardoal reuniu com a direcção do Agrupamento de Escolas e vão reunir em breve no Conselho Geral Extraordinário para debater o assunto. Miguel Borges garante que a segurança da escola não está em causa.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1433
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1433
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo