Sociedade | 29-11-2019 10:00

Entrevista: Presidente do Abrantes e Benfica diz que falta bairrismo

Entrevista: Presidente do Abrantes e Benfica diz que falta bairrismo

Paulo Neto diz que clube não pode ambicionar voos mais altos por falta de apoio das empresas.

O Sport Abrantes e Benfica é um clube centenário que reactivou recentemente o futebol sénior com excelentes resultados. Com um orçamento de 50 mil euros e a jogar na primeira divisão distrital de Santarém, o clube não ambiciona maiores voos porque falta apoio do tecido empresarial e das gentes da cidade. Quem o diz é Paulo Neto, presidente do clube com quem O MIRANTE conversou.

O Abrantes e Benfica é um clube centenário com muitos pergaminhos no futebol. Neste momento conta com cerca de 270 atletas distribuídos por todos os escalões de formação e futebol sénior. O grupo directivo é composto por cerca de 15 elementos aos quais se juntam cerca de 15 treinadores e formadores. “Temos mais de 300 pessoas envolvidas neste projecto”, afirma. Mas é no número de sócios que Paulo sente que há muito trabalho para fazer. “Existem muitos sócios, mas só cerca de 100 é que pagam as quotas”, refere.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo