Sociedade | 02-12-2019 10:00

Polícia à caça de ladrões de rodas em Alverca e Póvoa

Polícia à caça de ladrões de rodas em Alverca e Póvoa

Há registo de seis ocorrências em dois meses. PSP diz que redobrou esforços no terreno para encontrar os assaltantes.

Continua a onda de roubo de jantes e pneus a automóveis estacionados nas cidades da Póvoa de Santa Iria e Alverca e alguns moradores estão preocupados com o arrastar da situação. Os assaltos têm acontecido durante a noite e os estragos só são descobertos pela manhã, quando os donos dos automóveis encontram os veículos assentes em pedras e tijolos e sem as quatro rodas.

A preferência dos ladrões tem estado nos carros de marcas francesas, especialmente Renault e Peugeot. O último caso registado aconteceu a 17 de Novembro, na Praceta dos Padrões do Termo de Lisboa, no Forte da Casa, já às portas de Alverca, mas não foi o único. Já no início do ano, no mesmo local, uma carrinha Renault Megane fora alvo do mesmo crime. Os outros casos aconteceram no Bom Sucesso e num bairro na entrada norte de Alverca.

Contactada por O MIRANTE, a Polícia de Segurança Pública confirma as ocorrências e diz que tem registo de duas queixas por furto de jantes em Alverca, no dia 1 de Novembro, a viaturas da marca Renault. Já na vizinha Póvoa de Santa Iria há nota de dois furtos no interior de veículo e dois vidros partidos, presumivelmente de tentativas de furto.

Já em Maio O MIRANTE dera nota do roubo de pneus e jantes, na vizinha freguesia de Vialonga. Nessa ocasião a PSP contabilizava quatro crimes entre Janeiro e Fevereiro, prevendo-se por isso que o total anual destes crimes venha a ultrapassar a dezena de casos.

“Os crimes aqui relatados mereceram por parte da PSP uma atenção redobrada da estrutura de investigação criminal que se encontra a monitorizar estes acontecimentos”, asseguram as autoridades, que pedem a colaboração da população para identificar e relatar situações suspeitas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo