Sociedade | 14-01-2020 16:13

Godinho Lopes preparado para desafios que se colocam à Misericórdia da Golegã

Godinho Lopes preparado para desafios que se colocam à Misericórdia da Golegã

Novo provedor, que sucede ao pai, falecido no ano passado, foi eleito para um mandato de quatro anos

José Godinho Lopes foi eleito provedor da Santa Casa da Misericórdia da Golegã, depois de ter gerido a instituição durante nove meses numa situação de recurso, devido ao falecimento do vice-provedor e posteriormente do provedor e seu pai, Martins Lopes, que geriu a santa casa durante largos anos.

O novo provedor, em declarações a O MIRANTE, refere que abraçou esta causa por razões afectivas, mas sobretudo por entender que é uma obrigação cívica, numa altura em que vários desafios se colocam à instituição, fundada em 1553. Assume que não vai desempenhar o cargo apenas para supervisionar, sublinhando que gosta de se envolver nas actividades e projectos de forma activa.

Godinho Lopes, 47 anos, sublinha que a sua preocupação é a sustentabilidade financeira da instituição, que dá emprego a 110 pessoas. Numa altura em que não é fácil garantir receitas para as inúmeras despesas da assistência prestada pela Misericórdia, bem como para os custos de funcionamento.

*Notícia desenvolvida na edição semanal em papel de quinta-feira, 16 de Janeiro

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1439
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1439
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo