Sociedade | 09-02-2020 15:00

“Estórias Infantis - Uma Biblioteca do Sentir e do Crescer”, de Sílvia Madeira apresentado em Santarém

“Estórias Infantis - Uma Biblioteca do Sentir e do Crescer”, de Sílvia Madeira apresentado em Santarém

Sílvia Madeira partilhou com os presentes momentos significativos da sua história de vida como professora, psicóloga e educadora, articulando-os com a obra que agora oferece.

O livro “Estórias Infantis - uma Biblioteca do Sentir e do Crescer”, da autoria da professora Sílvia Madeira, psicóloga e docente da ESE e com ilustrações de Helena Gervásio, foi apresentado na tarde de 28 de Janeiro, na sala de leitura Bernardo Santareno, situada no edifício do antigo ginásio do Seminário.

Trata-se de um livro destinado aos adultos que contam histórias às crianças, aos pais e educadores, referiu a autora, pretendendo que eles reflictam sobre o que escolhem e como podem potenciar este momento lúdico ímpar, tanto na promoção do desenvolvimento infantil como na promoção de competências de parentalidade.

Sílvia Madeira partilhou com os presentes momentos significativos da sua história de vida como professora, psicóloga e educadora, articulando-os com a obra que agora oferece. Um livro que, nas suas palavras, encerra uma proposta pedagógica que cruza dimensões do desenvolvimento infantil e educação, salientando o potencial das histórias infantis para abordar algumas destas questões.

O público presente, colegas, amigos, ex-alunos, animadores de espaços infantis em bibliotecas, professores do 1º ciclo, entre outros, estabeleceu um diálogo interessado e caloroso com os oradores e com a autora a propósito da utilidade e objectivos desta obra, que pode ser adquirida na Escola Superior de Educação de Santarém.

Na cerimónia de lançamento esteve presente, Susana Colaço, directora da Escola Superior de Educação de Santarém e, como mediadora da sessão e responsável pela organização do evento, Maria Teresa Sá, psicanalista e professora na Escola, que realçou a importância do conto como abertura para o imaginário e o sonho. Bruno Batista, animador sociocultural, actor e contador de histórias, encantou todos os presentes com a mestria das “estórias contadas, por palavras e pelos silêncios que falam”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1473
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1473
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo