Sociedade | 23-03-2020 18:00

Alunos da Infante D. Henrique vão no próximo ano lectivo para Escola de Santa Iria

Vice-presidente de Tomar garante que processo está a decorrer com tranquilidade.

Os alunos, professores e auxiliares da Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico Infante D. Henrique, em Tomar, vão mesmo ser transferidos para a Escola de Santa Iria, na mesma cidade, que passará a ser uma escola integrada. A informação foi avançada pelo vice-presidente da Câmara de Tomar, Hugo Cristóvão, em conferência de imprensa, realizada no salão nobre dos paços do concelho. Com ele estiveram o presidente da Associação de Pais da Escola Infante D. Henrique, João Jesuíno, e a representante da Comissão de Pais da Escola Santa Iria, Marta Pedro.

Durante a conferência de imprensa foi esclarecido que o assunto está a ser tratado de forma tranquila e que os professores da Infante D. Henrique já estiveram na Escola Santa Iria para conhecerem o espaço. O local onde vai funcionar o ATL (Ateliê de Tempos Livres) já está desocupado e vai necessitar de algumas obras. Os representantes dos pais referiram que tudo vai ser feito para que a mudança seja tranquila e em respeito pelos direitos dos alunos de todos os ciclos.

Hugo Cristóvão garantiu que estes alunos não iriam para a Escola Gualdim Pais, tendo circulado um documento sobre essa hipótese. “É apenas a opinião de cinco pessoas. É um texto despropositado, irrealista e fora do tempo. Não vai haver, nas próximas duas ou três décadas, dinheiro para construir novos centros escolares”, esclareceu.

Recorde-se que este assunto provocou muita discussão na comunidade nabantina o ano passado. Inicialmente, os pais dos cerca de 180 alunos da Escola Infante D. Henrique mostraram-se contra o encerramento da escola. Depois de falarem com o município, e percebendo que não existia alternativa, dadas a necessidade de obras da escola, os encarregados de educação só aceitaram a transferência desde que fosse para a Escola de Santa Iria. No entanto, exigiam que não houvesse contacto com os alunos mais velhos devido à diferença de idades. Chegou a realizar-se uma visita às escolas Gualdim Pais e Santa Iria para se verificar as condições de ambas. A determinada altura optou-se por adiar a transferência dos alunos por um ano lectivo, o que vai acontecer agora. No próximo ano lectivo os alunos da Infante D. Henrique já vão frequentar a Escola de Santa Iria e o seu actual estabelecimento de ensino encerra definitivamente.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Vale Tejo