Sociedade | 22-05-2020 18:00

Tribunais podiam funcionar melhor com mais funcionários e condições e menos burocracia

Tribunais podiam funcionar melhor com mais funcionários e condições e menos burocracia

Rute Lopes é juiz presidente de uma das três maiores comarcas da região, a de Lisboa Norte, que abrange os tribunais de dez concelhos, entre eles Vila Franca de Xira e Azambuja.

Numa entrevista que pode ler na íntegra na edição semanal em papel, desta quinta-feira, a juiz presidente da Comarca Lisboa Norte, que abrange os concelhos de Vila Franca de Xira e Azambuja, refere:

"Durante anos a justiça era acusada de ineficiência mas há seis anos que temos vindo a melhorar. E melhoraríamos mais se tivéssemos os funcionários e as condições de que necessitamos. Trabalhamos em condições péssimas. Até para comprar material é terrível. Ninguém acredita. Para mudar uma fechadura temos de pedir dois orçamentos, pedir autorização à direcção-geral para o fazer e não temos autonomia. É tudo feito com muitas entropias. Saber que vou meter um processo em tribunal e que nunca mais vou ter resposta era algo que me deixava triste. Uma justiça tardia ou que nunca mais avançava não fazia sentido. Isso não é fazer justiça. Felizmente hoje as coisas estão melhor e já não é assim".

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1457
    29-04-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1457
    29-04-2020
    Capa Vale Tejo