Sociedade | 28-05-2020 18:00

A Medicina Dentária em tempos de Pandemia

A Medicina Dentária em tempos de Pandemia
OPINIÃO

Diogo Baptista*

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro António Costa a 30 de Abril, o da transição do estado de emergência para o estado de calamidade a partir das 00h00 do dia 3 de Maio. A 1 de Maio é conhecida a decisão, vinda do Ministério da Saúde, de que as actividades de medicina dentária seriam novamente permitidas a partir de 4 de Maio, estando apenas sujeitas à divulgação das orientações técnicas da Direcção-Geral de Saúde (DGS), entretanto publicadas.


A proximidade no exercício clínico associada a alguns procedimentos geradores de aerossóis, classificaram a Medicina Dentária como uma das profissões de risco hipotético no contágio do vírus SARS Cov2. Como método preventivo e dada a escassez de informação sobre a doença, esta actividade viu-se forçada a reduzir os seus serviços a situações de urgência e inadiáveis. A notícia positiva é que, felizmente, reportando-nos à cidade de Wuhan, epicentro da pandemia, estudos indicam que a taxa de infecção entre profissionais de saúde oral foi mínima e sem relevância num contexto global.


Para a protecção de todos nós, a Clínica Denticare integrou nos seus rigorosos e exigentes protocolos de funcionamento, todas as recomendações clínicas proferidas por diversas entidades técnicas e sociedades científicas, competentes a nível nacional e internacional. Estas recomendações passaram pela aquisição de novas rotinas de funcionamento da Clínica, gestão de agenda e períodos entre consultas, aquisição e correcta utilização dos Equipamentos de Protecção Individual (EPI’s), passando igualmente por protocolos estritos de desinfecção de todas as superfícies tanto dos espaços clínicos como de atendimento ao público.
Hoje, a nossa Clínica está mais preparada que nunca para o exercício em pleno da sua actividade, garantindo tanto ao paciente como ao seu corpo clínico uma protecção e segurança adequadas, tendo em vista o tratamento de excelência que sempre nos propusemos entregar.


*Médico Dentista - Director Clínico DENTICARE – Santarém; Especialista em Reabilitação Oral pela FMD
– Universidade de Lisboa.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo