Sociedade | 28-06-2020 15:00

Cartaxo reduz passivo em 2,3 milhões de euros em 2019

Prazo médio de pagamento a fornecedores também tem vindo a reduzir substancialmente.

A Câmara do Cartaxo reduziu o passivo total em 2,348 milhões de euros em 2019, comparativamente a 2018. As contas do município foram aprovadas por maioria, com os votos a favor do PS (que gere o município) e dois votos contra dos vereadores eleitos pela coligação Juntos pela Mudança (PSD/Nós, Cidadãos!).

O relatório aponta também que o prazo médio de pagamentos que em 2013 era de 373 dias, passou a ser de 39 dias no final de 2018 e de 23 dias no final de 2019. O município chegou também a Dezembro passado sem pagamentos com atraso superior a 90 dias.

“O resultado líquido é o melhor desde 2007. De um ponto de partida em 2013, com resultado líquido negativo em quase dois milhões de euros (1,919 milhões de euros), a câmara unicipal encerrou as contas de 2019 com um resultado líquido positivo superior a dois milhões (2,771 mil euros)”, refere nota da autarquia.

No que diz respeito à taxa de execução da receita, a câmara indica que as contas de 2019 encerraram com 88,22%, ou seja, mais 66% do que em 2013, quando Pedro Magalhães Ribeiro (PS) tomou posse como presidente do município.

“O município passou a ter fundos disponíveis. Este indicador passou a ser positivo em janeiro de 2018 e mantém-se positivo em 2019 – o ano encerrou com quase dois milhões de euros de fundos disponíveis (1,986 milhões de euros)”, é referido. Em 2013, o valor era de 55,663 milhões de euros negativos, pelo que desde então houve uma recuperação de quase 58 milhões.

A câmara destaca também que em 2013, no início do mandato anterior, transitaram mais de 29,172 milhões de euros de dívida para o ano seguinte. Já em 2019 apenas transitaram 117,7 mil euros, o que corresponde a uma redução de 29,056 milhões euros de dívida transitada entre os dois anos.

Treze municípios, incluindo o Cartaxo, estão actualmente abrangidos pelo Fundo de Apoio Municipal, um mecanismo de recuperação financeira lançado pelo Estado, através de programas de ajustamento municipal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo