Sociedade | 29-06-2020 12:30

Funcionários municipais do Cartaxo tiveram mais acidentes de trabalho

O número de dias de ausência ao serviço diminuiu em 2019.

O número de acidentes de trabalho entre funcionários da Câmara do Cartaxo aumentou no ano passado. A informação foi avançada pelo vice-presidente da câmara, Fernando Amorim, na última reunião do executivo municipal, referindo que a autarquia registou 746 acidentes de trabalho em 2019, mais 126 face ao ano anterior.

O autarca adiantou também que a câmara em 2019 contava com 336 funcionários, menos 12 que no ano anterior, sendo 188 mulheres e 148 homens, com uma idade média de 55 anos. Fernando Amorim referiu ainda que os funcionários estiveram ausentes do serviço num total de 8622 dias, menos do que 8671 dias de 2018. Estas ausências aconteceram, sobretudo devido a férias e por doença. Os funcionários que mais faltaram foram os dos serviços de recolha de resíduos sólidos, limpeza urbana, na área da educação e da acção social e educação.

Sobre o assunto, o vereador Jorge Gaspar (PSD) aproveitou para deixar fortes críticas à maioria socialista pela pouca aposta na formação dos trabalhadores municipais, tendo baixado de 4621 horas para 751 horas e o facto de não terem realizado exames médicos nem vistorias aos postos de trabalho para avaliação dos riscos profissionais.

“Isto são dados relevantes e, por isso, ainda hoje contactámos os dois sindicatos mais representativos dos funcionários municipais para marcarmos reuniões online e conversarmos sobre estas matérias”, revelou Jorge Gaspar.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1463
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo