Sociedade | 30-06-2020 15:00

Moradores da Quinta da Mina recusam novos testes à Covid

Autoridade de saúde voltou ao bairro social de Azambuja, mas não conseguiu fazer testes a metade dos membros das famílias onde surgiu o surto da doença.

As 23 pessoas residentes num prédio do bairro da Quinta da Mina, em Azambuja, que numa primeira testagem à Covid-19 não acusaram a presença do coronavírus, recusaram efectuar segundos testes de despistagem. Estes elementos que estavam em vigilância activa e sujeitos a confinamento obrigatório até 16 de Junho teriam de ser novamente testados uma vez que partilharam habitação com pessoas infectadas com Covid-19.


O presidente da Câmara de Azambuja, Luís de Sousa, revelou em reunião do executivo que nessa data eram para ser feitos 42 testes, “mas não foram realizados todos por recusa dos moradores” e que “só os positivos foram todos testados”.


Em declarações a O MIRANTE, o autarca lamentou a falta de postura de responsabilidade pública dessas pessoas receando que a situação possa gerar alarme entre a população. “São vistos nos supermercados às compras e as crianças andam a brincar na rua. Estiveram sempre em contacto com os casos positivos e seria, por isso, muito útil que aceitassem fazer os testes”, sublinhou.

Baixa para cinco o número de infectados

No bairro da Quinta da Mina a infecção disseminou-se por 19 das 42 pessoas que habitam no mesmo bloco residencial depois de uma mulher grávida ter testado positivo ao vírus. Cumprido o período de confinamento obrigatório, os infectados foram sujeitos a novos testes e apenas cinco continuam a testar positivo.


Recorde-se que devido ao receio da propagação do contágio a mais famílias residentes no mesmo bairro a autoridade de saúde local, após insistência do município, realizou mais 60 testes, todos negativos. Por testar ficaram cerca de metade do número total de moradores que, por decisão da mesma entidade, só serão sujeitos ao teste de despistagem caso apresentem sintomas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1462
    29-04-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1462
    29-04-2020
    Capa Vale Tejo