Sociedade | 03-07-2020 10:00

Entrevista. Trabalhadores merecem bons salários porque são melhores que máquinas

Entrevista. Trabalhadores merecem bons salários porque são melhores que máquinas

Dono da empresa Curtumes da Fonte Velha, Joaquim Inácio cresceu nessa indústria onde viu e seguiu as pegadas do pai no trato aos funcionários.

O respeito e valorização pelo trabalho humano reinam na empresa de curtumes Fonte Velha. Joaquim Inácio cresceu entre os trabalhadores e, por isso, reconhece o valor da actividade diária de cada um. O empresário herdou a fábrica da família e continua a fazer jus ao nome do pai, Joaquim Francisco Inácio, para quem os trabalhadores eram, em tempos sem máquinas, a espinha dorsal dessa actividade económica.

“Muito se fala hoje em robotização, mas isso nada mais é do que um auxiliar da acção humana, pois uma máquina é limitada a uma determinada função. Não se compara à acção do trabalhador. As fábricas não são nada sem os trabalhadores industriais”, sublinha.

As declarações foram feitas dias antes do Dia dos Trabalhadores Industriais Mundiais, data assinalada a 27 de Junho, numa conversa que decorreu nos escritórios da fábrica depois do empresário ter assistido a uma reunião por teleconferência.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1467
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1467
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo