Sociedade | 01-08-2020 13:37

Alegado assédio nas piscinas de Santarém foi um equívoco

O complexo aquático de Santarém foi palco de um episódio que gerou muita agitação nas redes sociais devido a actos de alegado assédio a mulheres praticados por um homem, expulso do local pela PSP. Esposa defende o marido afirmando que foi tudo um grande equívoco.

O Complexo Aquático de Santarém viveu um grande reboliço na quinta-feira, 30 de Julho, por causa de um homem, com cerca de 60 anos, estar alegadamente a assediar mulheres com encostos e apalpões numa das piscinas. A PSP foi chamada e o homem foi expulso do recinto. O caso foi notícia em O MIRANTE e provocou muita agitação nas redes sociais.

A mulher do acusado tomou a iniciativa de ligar para o nosso jornal para defender o marido, apesar de nunca ter sido revelada em qualquer momento a sua identidade. Segundo a esposa, que também estava presente no complexo, o marido estava a entreter-se na piscina de ondas e a turbulência das águas desequilibraram-no fazendo com que fosse contra uma jovem, involuntariamente, por duas vezes. Diz ainda que as desculpas foram pedidas educadamente mas isso não chegou para travar a ira do namorado da jovem que o ameaçou com violência.

Os funcionários do complexo aquático chamaram a Polícia de Segurança Pública (PSP) ao local que acabou por expulsá-los por suspeita de assédio. Segundo a esposa, o casal não contrariou a decisão nem ofereceu resistência por estar surpreendido e chocado com toda a situação.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1468
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1468
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo