Sociedade | 14-09-2020 15:00

Projecto Rotas de Mação ganha asas e torna-se associação até final do ano

Projecto Rotas de Mação ganha asas e torna-se associação até final do ano
DESPORTO

Município quer que projecto se torne autónomo para apoiá-lo como faz com as restantes colectividades do concelho.

O projecto “Rotas de Mação” vai tornar-se associação autónoma até ao final deste ano. A informação foi dada pelo presidente do município, Vasco Estrela, em sessão camarária. O projecto, iniciado em 2018, e que conta com mais de quatro dezenas de voluntários, câmara municipal, juntas de freguesia, forças de segurança e bombeiros, está a dar os primeiros passos para a constituição de uma associação.

O autarca afirma que estava previsto o Rotas de Mação tornar-se associação daqui a três ou quatro anos mas a câmara municipal decidiu antecipar essa decisão para poder apoiar como apoia as restantes associações do concelho. “Queremos separar as águas em termos de competências e política de desenvolvimento turístico e de lazer do concelho. Esta associação terá autonomia e não haverá intromissão do município na sua actividade e decisões”, sublinhou Vasco Estrela.

O presidente da Câmara de Mação garantiu não existir qualquer problema ou desentendimento com o grupo Rotas de Mação e já reuniu com o porta-voz e impulsionador do projecto, Leonel Mourato. “Sempre entendi que este projecto tem virtudes mas corria o risco de se confundir com a câmara. O município é um parceiro institucional com peso maior do que qualquer um dos outros envolvidos”, realçou, referindo-se ao apoio financeiro que tem sido dado para o desenvolvimento de iniciativas ligadas ao projecto.

Vasco Estrela defende que à câmara municipal compete representar o concelho em outras entidades, direccionar a política do município na área do turismo e lazer. “As coisas têm de ser direccionadas de cá para lá e não ao contrário. Achamos que faz sentido antecipar a constituição da associação para tudo funcionar bem”, justificou. A associação já está a dar os primeiros passos para gerir tudo o que já foi construído. “A câmara sai do processo e passa a apoiar a associação como apoia as outras associações do concelho”, realça o autarca.

No final de 2019 foi assinado um protocolo entre a comissão instaladora das Rotas de Mação e as entidades envolvidas onde ficaram estabelecidas as obrigações de todos. A Câmara de Mação garante que cumprirá até ao fim tudo o que está protocolado. “Vamos assumir os compromissos com a marcação de percursos e o alojamento do portal na Internet”, explica Vasco Estrela.

O objectivo do Rotas de Mação é dar a conhecer e afirmar o potencial turístico, cultural e patrimonial do concelho. Está prevista a marcação e instalação de 15 percursos pedestres por todo o território. Estão a ser desenvolvidos um portal na Internet e uma aplicação móvel associada para os turistas utilizarem.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1475
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1475
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo