Sociedade | 15-09-2020 15:00

Dado primeiro passo para criar estacionamento condigno na estação da Póvoa de Santa Iria

Dado primeiro passo para criar estacionamento condigno na estação da Póvoa de Santa Iria
ECONOMIA

Município de VFX avança para compra do terreno que unirá a estação ao parque ribeirinho e permitirá criar uma solução definitiva para um problema que se arrasta.

A Câmara de Vila Franca de Xira deu o primeiro passo de uma caminhada burocrática rumo à compra de dois terrenos junto da estação de comboios da Póvoa de Santa Iria, onde funciona há décadas, sem as melhores condições, um parque de estacionamento provisório.

Foi aprovada na última reunião pública de câmara por maioria, com o voto contra do Bloco de Esquerda, uma proposta de abertura de procedimento visando a consulta ao mercado bancário de um financiamento a longo prazo, no valor de um milhão e 750 mil euros, visando a compra daqueles terrenos. A autarquia procura uma solução de crédito com prazo até 20 anos, taxa de juro variável ou fixa consoante a que for mais vantajosa, um pagamento de juros semestral e um período de utilização e carência de dois anos. Serão consultados a Caixa Geral de Depósitos, Banco Português de Investimento, Santander Totta, Bankinter, Millenium BCP e Novo Banco.

Os dois lotes de terreno, que têm um loteamento aprovado para construção, são propriedade da Funsita – Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado, representada e administrada pela sociedade comercial Interfundos. Depois de consultar a banca, o município terá ainda de aprovar em reunião de câmara a contratualização do empréstimo e, depois, a decisão final de compra dos terrenos, seguindo-se a votação em assembleia municipal.

O município cumpre assim a promessa feita por Alberto Mesquita no início do ano, quando afirmou querer resolver o problema do estacionamento da estação da Póvoa de Santa Iria ainda em 2020. Com a compra do espaço Alberto Mesquita espera poder finalmente criar um projecto municipal, abrangente e uniforme, que ligue a zona ribeirinha da Póvoa à própria estação de comboios e transforme o local num verdadeiro terminal rodoferroviário. A estação da Póvoa é uma das mais movimentadas da Linha do Norte.

O espaço tem estado a ser ocupado pela câmara de forma temporária e a ser usado como parque de estacionamento, através de um acordo feito com a Funsita em Abril de 2015 mas que termina este ano. Já foram gastos no local mais de 22 mil euros em trabalhos de melhoria para dar mais conforto aos utentes da ferrovia que ali estacionam as viaturas durante o dia. Mas a câmara não pode fazer obras de maior dimensão por não ser dona do espaço. Algo que, com a compra dos terrenos, poderá mudar. São ainda frequentes as queixas de utentes relativamente à falta de segurança e iluminação do espaço.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1475
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1475
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo