Sociedade | 18-09-2020 18:00

Família viveu seis meses com jovens que violentaram rapariga e esfaquearam o pai

Família viveu seis meses com jovens que violentaram rapariga e esfaquearam o pai
SOCIEDADE

A Polícia Judiciária demorou seis meses a prender os jovens que violentaram menina e esfaquearam o pai no bairro de Povos, em Vila Franca de Xira

Passaram seis meses até que a Polícia Judiciária detivesse, no bairro de Povos, em Vila Franca de Xira, os três suspeitos que agrediram uma menor e esfaquearem o pai desta, na via pública. Durante esse tempo estiveram sempre ali, no bairro onde também moram as duas vítimas, que tiveram de enfrentar o receio de que o episódio se repetisse. Um dos suspeitos ficou em prisão preventiva, os restantes estão sujeitos a apresentações policiais e proibição de contacto com as vítimas.

A O MIRANTE, o homem que acabou esfaqueado seis vezes depois de confrontar os suspeitos que agrediram a sua filha, de 13 anos, conta que a sua família teve de viver seis meses com o medo de sair de casa.

*Conheça toda a história na edição semanal em papel desta quinta-feira, 17 de Setembro

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1478
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1478
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo