Sociedade | 21-10-2020 19:59

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

Em causa estão os vestígios de disparos encontrados na casa do casal, no final do julgamento de Rosa Grilo.

O pai de Rosa Grilo, que está presa pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, foi esta terça-feira, 20 de Outubro, constituído arguido por simulação de crime, favorecimento pessoal e posse de arma proibida.

Américo Pina passa a fazer parte do processo que surgiu na sequência de vestígios de disparos que foram encontrados numa banheira na casa do casal nas Cachoeiras, no final do julgamento e onde também são arguidos a advogada da filha,Tânia Reis e o consultor forense João de Sousa. Recorde-se que Américo Pina era o único a ter a chave da casa do casal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo