Sociedade | 20-11-2020 07:00

Coruche andou sete anos à procura de rua para dar nome de Gonçalo Ribeiro Telles

Coruche andou sete anos à procura de rua para dar nome de Gonçalo Ribeiro Telles
SOCIEDADE

Arquitecto, recentemente falecido, tinha fortes ligações a Coruche e em 2013 foi aprovada uma recomendação para que fosse atribuído o seu nome a uma artéria da vila.

A Assembleia Municipal de Coruche propôs, em 2013, dar o nome de Gonçalo Ribeiro Telles a uma artéria da vila, na sequência de uma recomendação de Abel Matos, do Movimento Independente de Cidadãos (MIC). A proposta baixou à comissão de toponímia mas não avançou e o assunto ficou esquecido até sexta-feira, 13 de Novembro, dois dias depois do falecimento do renomado arquitecto, quando no mesmo órgão foi feita nova recomendação por Francisco Gaspar, eleito do PSD.

Francisco Oliveira, actual presidente do município e, à data da primeira proposta, vice-presidente da câmara, esclarece que a comissão de toponímia decidiu aceitar a proposta e esta só não avançou porque faltava encontrar uma artéria que merecesse a dignidade do nome que lhe seria atribuído.

*Notícia desenvolvida na edição semanal em papel desta quinta-feira, 19 de Novembro

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo