Sociedade | 13-01-2021 16:01

Há falta de recursos humanos nos hospitais para acompanhar infectados com Covid-19

Há falta de recursos humanos nos hospitais para acompanhar infectados com Covid-19

Miguel Borges relatou, durante reunião de câmara do Sardoal, a experiência de 52 dias internado devido ao novo coronavírus.

Na primeira reunião camarária do Sardoal do ano, que está a decorrer nesta quarta-feira, 13 de Janeiro, e também a primeira em que o presidente Miguel Borges retomou a actividade depois ter estado 52 dias internado no Hospital de Abrantes infectado com Covid-19.

O autarca afirma que o panorama é negro e dramático em todo o país e mostra-se preocupado com a falta de recursos humanos nos hospitais para dar resposta ao número elevado de infectados.

O autarca alertou ainda para importância das pessoas se protegerem e não prescindirem do uso de máscaras. “Acredito que vamos continuar a utilizar máscaras mesmo depois da pandemia passar”, disse em sessão camarária.

O presidente recordou que, no seu caso, a experiência foi muito complicada e difícil. Miguel Borges explicou que o número de transmissão está a aumentar entre os jovens e recordou que o seu período de internamento não foi fácil.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1491
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1491
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo