Sociedade | 20-02-2021 12:30

Concurso para obras de um milhão de euros na Ponte Rainha D. Amélia

Concurso para obras de um milhão de euros na Ponte Rainha D. Amélia
SOCIEDADE

Municípios do Cartaxo e Salvaterra de Magos satisfeitos com intervenção da Infraestruturas de Portugal naquela travessia sobre o Tejo que liga os dois concelhos.

A empresa Infraestruturas de Portugal lançou, na quinta-feira, 18 de Fevereiro, o concurso público para execução da empreitada de protecção das fundações e reabilitação dos pilares da Ponte Rainha D. Amélia, que liga os concelhos do Cartaxo e Salvaterra de Magos. A intervenção está orçada em um milhão de euros, dinheiro que está orçamentado por dois anos: 2021 (250 mil euros) e 2022 (750 mil euros). A obra era há muito tempo pedida pelos presidentes das Câmaras do Cartaxo, Pedro Ribeiro, e de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio.

Os autarcas congratularam-se com a publicação do concurso público em Diário da República. Esménio referiu, em sessão camarária, que é importante haver concorrentes para realizar a obra. Pedro Ribeiro também afirmou, em sessão camarária, que aguardam reunião com o ministro das Infraestruturas e Habitação para debaterem sobre as obras que ficarão a cargo dos municípios. Essas obras dizem respeito ao tabuleiro da ponte e à estrutura que está acima desse tabuleiro.

“Estamos a trabalhar para procurar soluções que passam por financiamento por parte do Governo uma vez que tanto a Câmara do Cartaxo como a de Salvaterra de Magos não têm dinheiro para avançar com a sua parte da obra”, explicou Pedro Ribeiro.

A intervenção da IP tem como objectivo reforçar as condições de integridade dos pilares da ponte e a protecção das suas fundações contra os efeitos da erosão provocada pela corrente do rio Tejo. Os trabalhos a executar foram definidos tendo por base os resultados da inspecção subaquática e levantamento batimétrico, efectuados em 2020 e o Estudo Hidrológico e Hidráulico realizado na zona do rio Tejo onde está a ponte.

O concurso público para a realização da obra termina a 21 de Março sendo que a obra tem uma duração estimada de 270 dias. Não está, para já, definido se a ponte terá que encerrar ao trânsito e que alternativas vão ser dadas a quem utiliza esta travessia do rio Tejo. A ponte Rainha D. Amélia foi construída em 1903 e tem uma extensão de 840 metros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Vale Tejo