Sociedade | 08-04-2021 14:56

Abrantes reforça apoio financeiro às juntas de freguesia para combate a incêndios

Abrantes reforça apoio financeiro às juntas de freguesia para combate a incêndios

Freguesias recebem 160 mil euros do município de Abrantes para responder de forma mais rápida e eficaz no ataque a incêndios em fase inicial.

A Câmara de Abrantes aprovou o reforço do apoio às nove juntas de freguesia que dispõem de carrinhas ligeiras que integram o Dispositivo Especial Contra Incêndios Rurais (DECIR), através da atribuição do montante de 160 mil euros, mais 35 mil do que no ano passado.

As viaturas dispõem de material de primeira intervenção, composto por rádios SIRESP, mangueira e tanque com capacidade de 600 litros de água, e são para o presidente do município, Manuel Valamatos fundamentais para o “ataque rápido” a um incêndio em fase inicial e para a “salvaguarda de pessoas e bens”.

“Num território tão extenso, como o de Abrantes, precisamos de ter dispositivos em vários pontos do concelho”, sublinhou o autarca, acrescentando que “os kits de primeira intervenção funcionam também como instrumentos de vigilância”.

Nos períodos de alerta laranja e vermelho, as carrinhas, operadas por dois funcionários com formação em segurança de primeira intervenção e comunicação por rádio vão estar pré-posicionadas em Locais Estratégicos de Estacionamento (LEE), definidos pelo comandante dos Bombeiros de Abrantes.

As juntas de freguesia que integram este dispositivo e que foram contempladas com este apoio são as de Abrantes e Alferrarede; Aldeia do Mato e Souto; Bemposta; Mouriscas; São Facundo e Vale das Mós; Rio de Moinhos, Tramagal; Alvega e Concavada, e Carvalhal, sendo que as duas últimas integram este dispositivo pela primeira vez.

As quatro freguesias que ficam de fora, esclarece a autarquia em comunicado, “não deixam de estar protegidas já que todos os meios no âmbito da protecção civil são alocados em caso de necessidade”.

Mais Notícias

    A carregar...