Sociedade | 08-04-2021 16:57

Multada em 200 euros por estar a almoçar dentro do carro no Cartaxo

Multada em 200 euros por estar a almoçar dentro do carro no Cartaxo

Raquel Carvalho recusa pagar coima no valor de 200 euros.

Raquel Carvalho, de 27 anos, foi multada pela Polícia de Segurança Pública (PSP) por estar a almoçar dentro do carro, num parque de estacionamento no Cartaxo, a dois minutos da empresa onde trabalha como designer. A jovem recebeu a 2 de Abril uma coima no valor de 200 euros que recusa pagar e que vai contestar.

A O MIRANTE Raquel Carvalho explica que é habitual almoçar sozinha no carro, uma vez que sofre de uma doença grave que prefere não identificar e que tem, por isso, ainda mais receio de contrair a Covid-19. Mas naquela tarde, a 28 de Janeiro de 2021, a jovem foi abordada por um agente da PSP que disse ter recebido uma denúncia.

“Tinha em minha posse a declaração a comprovar que estava em trabalho presencial e pensei que podia almoçar dentro do carro sem problema”, diz, acrescentando que o documento não lhe serviu de nada.

De acordo com a notificação da PSP a que O MIRANTE teve acesso, Raquel Carvalho encontrava-se pelas 13h40 no interior da sua viatura e foi multada por estar a “efectuar a ingestão do seu almoço”. O documento refere ainda que, como “o local de trabalho possui parcas condições para tomar a refeição”, Raquel estava “por isso no incumprimento do dever geral de recolhimento”.

A jovem diz ainda que a empresa onde trabalha não lhe concedeu possibilidade de fazer teletrabalho e perante a sua contestação apresentou-lhe como solução uma mesa entre a casa-de-banho e o refeitório para poder fazer as suas refeições longe dos outros funcionários.

“Cheguei a comer ali, mas sentia-me mais segura no carro, até porque não tem sido fácil para mim lidar com a doença”, refere, sublinhando que quem tem culpa não é a PSP, mas quem faz as leis.

*Notícia completa na próxima edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...