Sociedade | 08-04-2021 15:00

Politécnico de Tomar. O aluno que fugiu da guerra e o ex-militar da força aérea

Politécnico de Tomar. O aluno que fugiu da guerra e o ex-militar da força aérea
SOCIEDADE
João Godinho e Wasim Tana

João Godinho e Wasim Tana são alunos do Instituto Politécnico de Tomar, conhecidos pela sua dedicação e pelo seu percurso de vida dignos de registo.

Há duas gerações a separar João Godinho, 59 anos, e Wasim Tana, 24, mas no Instituto Politécnico de Tomar (IPT) ambos são conhecidos por serem alunos acima da média e por terem um percurso de vida diferente do habitual.

João dedicou parte da sua vida à Força Aérea Portuguesa; Wasim, natural da Líbia, foi obrigado a fugir à guerra para procurar um destino diferente do dos seus pais e irmãos.

A conversa com O MIRANTE decorre numa das salas do IPT, com a particularidade de ser a primeira vez que os dois se cruzam nos corredores do instituto.

O cumprimento dá-se com a cotovelada da praxe e João Godinho, assumindo o estatuto de mais velho, começa a contar o percurso até se tornar um dos cerca de dois mil estudantes do Politécnico de Tomar.

*Leia as histórias destes dois alunos na edição semanal em papel desta quinta-feira, 8 de Abril.

Mais Notícias

    A carregar...