Sociedade | 10-04-2021 10:00

Valorsul sem plano para construir novo aterro alternativo a Mato da Cruz

Valorsul sem plano para construir novo aterro alternativo a Mato da Cruz
foto arquivo O MIRANTE

Aterro sanitário não vai fechar este ano como os autarcas e os moradores reclamavam. Câmara de Vila Franca de Xira critica e pede selagem definitiva mas a empresa não se compromete.

O aterro sanitário de Mato da Cruz, situado entre Calhandriz e Alverca, está longe de estar totalmente esgotado e por isso a Valorsul, a empresa que o explora, anuncia não ter ainda qualquer plano para construir um novo aterro alternativo àquela localização. A novidade veio a lume na última semana à margem de uma reunião de accionistas do qual o município de Vila Franca de Xira também faz parte e vem colocar um ponto final nas esperanças do município ribatejano de ver aquele equipamento encerrado até ao final de 2021.

A empresa nunca confirmou publicamente esse compromisso de encerrar o aterro até ao final deste ano e, pelo contrário, garante que o equipamento ainda tem bastante capacidade para armazenar lixo e cinzas inertizadas. No seu plano de actividades para o triénio 2019-2021 a Valorsul incluiu o início do processo de selagem de algumas células do aterro e não a sua completa desactivação. A empresa quer iniciar o processo de selagem total do aterro mas admite só o poder fazer quando estiver esgotada a capacidade das células de cinzas inertizadas, o que ainda está longe de acontecer.

* Notícia desenvolvida na edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...