Sociedade | 12-09-2021 13:36

Homem em prisão domiciliária tentou fugir e acabou na cadeia

GNR apanhou perto de Coimbra suspeito que cortou pulseira electrónica e furtou automóvel na zona de Abrantes.

Um homem de 32 anos que se encontrava em prisão domiciliária cortou a pulseira electrónica, furtou um automóvel e pôs-se em fuga em direcção a Coimbra, tendo sido apanhado pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar após se ter despistado no nó de acesso ao Itinerário Complementar (IC) 3 – Coimbra.

O caso aconteceu no dia 9 de Setembro. Após ser dado o alerta, os militares da GNR conseguiram localizar a viatura furtada a circular no concelho de Tomar, tendo de imediato iniciado a perseguição, com o intuito de a interceptar e de proceder à abordagem do condutor.

Segundo a GNR, o suspeito não obedeceu à ordem de paragem, tendo continuado em fuga em direcção a Coimbra, colocando em perigo os utentes da via, tendo acabado por se despistar. O homem foi detido, tendo as autoridades constatado que não possuía habilitação legal para conduzir.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Coimbra, onde lhe foi aplicada a medida de coacção, mais pesada, de prisão preventiva. A operação contou com o reforço do Posto Territorial de Tomar, de Ferreira do Zêzere, do Destacamento de Trânsito de Coimbra e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

Mais Notícias

    A carregar...