Sociedade | 13-09-2021 21:00

Alverca quer mais atenção para o património ao abandono

Alverca quer mais atenção para o património ao abandono
Ruínas situadas dentro de um espaço comercial estão ao abandono há vários anos e foram vedadas para impedir vandalismo

Vestígios patrimoniais de antigos elementos da cidade, como as muralhas do antigo castelo, convento e ermida da capela dos milagres estão em mau estado de conservação e esquecidos pela comunidade.

Várias ruínas de relevo patrimonial histórico da freguesia de Alverca estão ao abandono, praticamente em ruínas e esquecidas por boa parte da comunidade. Por isso vários moradores e autarcas defendem uma intervenção que valorize e divulgue esses bens.

São exemplo disso o que resta das muralhas do antigo castelo da cidade, já desaparecido, das ruínas do antigo convento e a ermida de Jesus Cristo crucificado, também conhecida por capela dos milagres. O assunto tem sido abordado em diversas assembleias de freguesia, onde tem sido defendida a necessidade de os espaços serem melhor preservados e o caso voltou novamente à agenda nos últimos dias depois de vários moradores terem dado nota do estado de abandono em que se encontram as ruínas da antiga capela dos milagres.

As ruínas foram alvo de escavações arqueológicas em 2004, aquando da construção do parque retalhista ali existente mas desde então têm ficado ao abandono e sujeitas à erosão. Nos últimos anos o espaço foi vedado mas foi acumulando lixo atirado desde a estrada nacional. E só nos últimos meses foi limpo das ervas que o invadiam. Apenas uma pequena placa existente no local recorda aos moradores do que se trata.

O museu municipal de Vila Franca de Xira é hoje o depositário dos vários fragmentos de azulejos que ali foram encontrados, datados dos séculos XVII e XVIII. Foram também recolhidos fragmentos de peças em cerâmica e faiança, cujo objectivo era a decoração arquitectónica do edifício. Nos registos da Direcção-Geral do Património Cultural as ruínas são consideradas como estando em mau estado de conservação.

“Temos um património importante que merecia outra atenção”

“Nunca foi feito nada pelas entidades competentes, câmara e governo, para valorizar esse e outros espaços da cidade que para nós também são importantes. Temos um património importante que deveria ter outra atenção e está ao abandono, infelizmente”, reconhece Carlos Gonçalves, presidente da União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho.

O autarca diz a O MIRANTE que já foram feitos vários pedidos ao município ao longo dos anos para salvaguardar este património mas que, até aos dias de hoje, pouco terá sido feito. “A junta fez vários roteiros pedonais pela cidade, o último deles dedicado à aeronáutica e já estamos a trabalhar num outro que mostre estes locais de relevo patrimonial, que devem ser vistos e conhecidos pela nossa população”, revela.

O MIRANTE contactou a Câmara de Vila Franca de Xira sobre este assunto mas não recebeu resposta até à data de fecho desta edição.

Mais Notícias

    A carregar...