Sociedade | 28-10-2021 10:00

Puseram IC2 em Rio Maior em perigo e agora arriscam ir para a cadeia

Puseram IC2 em Rio Maior em perigo e agora arriscam ir para a cadeia

Um jovem empresário, em 2015, e o seu pai, são acusados de ocupar uma faixa de terreno do Estado para extraírem areias e quase provocaram a derrocada da estrada.

O dono da empresa de extracção de areias que obrigou ao encerramento do nó de Rio Maior do Itinerário Complementar nº 2, por ter colocado em perigo a segurança rodoviária, e o pai do empresário e seu empregado, arriscam uma pena que pode chegar aos 13 anos de prisão pelos crimes de furto qualificado e atentado à segurança de transporte rodoviário.

Os arguidos tinham arrendado um terreno para retirar areias e durante a actividade invadiram uma área da propriedade da Infraestruturas de Portugal que fazia parte da área de protecção da via e o buraco de 30 metros foi desabando, chegando a ficar a 1,60 metros do pavimento do IC2.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo