Sociedade | 23-11-2021 12:00

Empresários de Tomar constituíam uma das quadrilhas mais violentas do país

Empresários de Tomar constituíam uma das quadrilhas mais violentas do país
Polícia Judiciária deteve grupo criminoso violento, entre os quais homicídio, que residia na zona de Tomar

Polícia Judiciária deteve, por homicídio, sequestro e branqueamento de capitais, dois homens e duas mulheres que considerou dos grupos criminosos “mais violentos dos últimos tempos”. Usavam métodos cruéis para extorquir bens às vítimas em vários pontos do norte e centro do país. Uma idosa morreu devido a actos de tortura.

Homicídio, sequestro agravado, roubo, furto qualificado, branqueamento de capitais e associação criminosa são os crimes que levaram a Polícia Judiciária (PJ) a deter, na sexta-feira, 12 de Novembro, um grupo de quatro empresários – dois homens e duas mulheres - residentes na zona de Tomar, um deles ex-sócio da empresa Binary Legacy, que explora o “Tomar Padel”. A investigação decorre desde 2017.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo