Sociedade | 25-09-2022 11:59

Ferrovia de alta velocidade pode desvalorizar<br>a Linha do Norte e prejudicar a região

FOTO ILUSTRATIVA

Partido Ecologista Os Verdes teme consequências da construção da ferrovia de alta velocidade entre Lisboa e o Porto, pelo litoral, que pode tirar o serviço de comboios rápidos da actual Linha do Norte com prejuízo para os utentes do distrito de Santarém e não só.

O Partido Ecologista Os Verdes (PEV) alertou que a projectada construção de uma linha ferroviária de alta velocidade entre Lisboa e o Porto, com traçado mais próximo do litoral, pode levar à “interiorização” do distrito de Santarém com a desclassificação da Linha do Norte, que atravessa a região ribatejana.
Para chamar a atenção para o problema o PEV realizou na manhã de quinta-feira, 15 de Setembro, uma acção na estação ferroviária de Santarém onde exortou os utentes a subscreverem uma carta aberta dirigida ao ministro das Infraestruturas e da Habitação. Antecipando o cenário dessa nova linha entre Lisboa e Porto o PEV reivindica desde já a manutenção de serviços rápidos na Linha do Norte servindo as estações de Santarém e Entroncamento, “em nome da sustentabilidade ambiental e climática, da justiça social e da igualdade de oportunidades, em nome do desenvolvimento territorial equilibrado, contra o despovoamento e a desertificação”.
Os Verdes dizem que a entrada em funcionamento da nova ferrovia de alta velocidade entre Lisboa e Porto vai retirar todo o serviço rápido de passageiros da Linha do Norte (Alfas e Intercidades), ficando só a circular os comboios de mercadorias e os comboios de passageiros mais lentos (inter-regionais, regionais e urbanos). “Uma decisão que leva à eliminação de mais de dez comboios em cada sentido deixando Lisboa mais longe e o Centro e Norte ainda mais longe obrigando a transbordos”, alerta o partido.
Os Verdes ressalvam que não estão contra a construção da nova linha, “atendendo à sobrecarga horária que estrangula há vários anos a Linha do Norte”. Mas consideram que esse investimento não pode ser feito à custa do agravamento do serviço de passageiros no distrito de Santarém e do agravamento da interiorização do país.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo