Sociedade | 04-10-2022 21:00

Protestos contra falta de médicos no Centro de Saúde do Bom Sucesso 

Utentes do Centro de Saúde do Bom Sucesso contestam a falta de médicos na unidade

Utentes sentem cada vez mais dificuldades em marcar consultas, pedir receitas e ter um atendimento continuado na unidade de saúde do Bom Sucesso, em Alverca.

Dezenas de pessoas juntaram-se na manhã de sexta-feira, 23 de Setembro, em frente ao Centro de Saúde do Bom Sucesso, em Alverca, num protesto espontâneo contra a falta de médicos e o encaminhamento de utentes para unidades de saúde mais distantes.
O agravamento das condições de funcionamento nessa unidade de saúde e a falta de médicos está a preocupar cada vez mais a população, que reclama soluções. A dificuldade em marcar consultas, a demora na resposta aos pedidos de receitas e de baixas, a falta de um acompanhamento prolongado e o encaminhamento dos utentes para outras unidades, como Benavente ou Póvoa de Santa Iria, estão entre as queixas dos moradores.  
Maria Pico é reformada, vive no Bom Sucesso e depois de ter desabafado nas redes sociais o seu descontentamento acabou por se gerar uma onda de solidariedade. “Uma amiga teve que ir de propósito com a mãe, de 87 anos, para Benavente porque aqui não conseguiam atendê-la. As pessoas começaram a questionar se seria boa ideia juntarmo-nos todos para tentar fazer a diferença”, conta a O MIRANTE
Maria Pico sofre de Parkinson e de diabetes mas por não ter médico de família vê-se obrigada a recorrer ao médico do seguro para conseguir assegurar a sua medicação. Já Bruna Mateus, 35 anos, residente no Bom Sucesso, não tem médico de família e disse estar presente no protesto por não ser aceitável, quando tem um centro de saúde perto de casa, ter que se deslocar mais de 30 quilómetros para receber assistência clínica.
Durante o protesto os presentes combinaram voltar a reunir-se em frente à unidade de saúde mais uma vez para que as suas palavras sejam ouvidas e levadas em consideração. O centro de saúde tem, actualmente, dois médicos de família para toda a população do Bom Sucesso.  O Agrupamento de Centros de Saúde do Estuário do Tejo, recorde-se, já tinha avisado no início do ano que o problema da falta de médicos iria agravar-se com a aposentação de pelo menos cinco clínicos em todo o concelho, situação que tem merecido queixas da comunidade e dos autarcas.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo