Sociedade | 10-11-2022 18:00

Foi ajudar a GNR e acabou multado por excesso de álcool 

António José Ananias vai ficar inibido de conduzir durante quatro meses

António José Ananias garante que só pegou no seu automóvel porque a GNR lhe pediu para ir ajudar nas buscas do seu irmão, que tinha sido dado como desaparecido.

António José Ananias saiu da sua habitação em Manique do Intendente, no concelho de Azambuja, e deslocou-se no seu automóvel depois de a Guarda Nacional Republicana (GNR) o ter contactado e pedido para ajudar nas buscas ao seu irmão, que sofre de demência e tinha sido dado como desaparecido. O homem, de 65 anos, acabou multado em 500 euros e detido por ter conduzido até casa do irmão com uma taxa de alcoolemia de 1,2 gramas de álcool por litro de sangue.  

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo