Sociedade | 20-11-2022 15:32

Autarca considera “socialmente chocante” a demolição de chaminés históricas em Torres Novas

Autarca considera “socialmente chocante” a demolição de chaminés históricas em Torres Novas
FOTO – Facebook Município de Torres Novas

Duas chaminés da antiga Fábrica António Alves foram demolidas sem autorização do município, no âmbito das obras em curso para instalação no local de um novo supermercado na cidade

O presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, considera “socialmente chocante” a demolição das duas chaminés da antiga Fábrica António Alves, no âmbito das obras em curso para instalação no local de um novo supermercado Intermarché na cidade. A intervenção foi justificada com razões de segurança e a empresa ter-se-á comprometido a “repor com segurança a simbologia histórica que ali existia e cumprir com o projecto aprovado”.

Em comunicado difundido na manhã deste domingo, 20 de Novembro, o autarca diz que a demolição dessas estruturas não estava prevista no projecto e que “os serviços de urbanismo não foram receptores até esta data de qualquer projecto de demolição”, pelo que o município “irá analisar técnica e juridicamente as consequências derivadas desta inesperada e socialmente chocante demolição”.

Pedro Ferreira informa que a Câmara de Torres Novas foi confrontada no sábado, dia 19 de Novembro, com a operação de demolição das duas chaminés, “que simbolizavam historicamente a existência naquele espaço da antiga Fábrica António Alves”. O autarca refere que “as duas chaminés faziam parte do projecto da obra em curso, para instalação do novo Intermarché, pormenor que deverá ser respeitado”. E acrescenta que o dono da obra foi contactado de imediato, esclarecendo que “motivos de falta de sustentabilidade e eventual perigosidade futura - com pareceres técnicos que irão ser apresentados com urgência na câmara - terão conduzido à demolição das duas chaminés”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo