Sociedade | 28-11-2022 19:25

Morreu o professor e radioamador Eurico Ferreira de Almeirim

Morreu o professor e radioamador Eurico Ferreira de Almeirim
eurico ferreira

Foi professor três décadas e esteve no conselho directivo da Escola Febo Moniz de Almeirim durante 13 anos. Era um apaixonado por electrónica e radioamadorismo e chegou a montar um sistema pirata que retransmitia a televisão espanhola para a zona de Almeirim

Faleceu o antigo professor e director da Escola Febo Moniz de Almeirim, Eurico Ferreira, que era um entusiasta da electrónica e um radioamador da Associação de Radioamadores do Ribatejo, que já lamentou publicamente a sua morte. As cerimónias fúnebres decorrem esta terça-feira, dia 29 de Novembro, a partir das 15h00, na casa mortuária do cemitério de Almeirim.

Eurico Ferreira foi professor três décadas e esteve no conselho directivo da Escola Febo Moniz de Almeirim durante 13 anos, onde para além de ter que lidar com alunos, professores e funcionários tinha que enfrentar as más condições das instalações com salas pré-fabricadas sem as mínimas condições. Era ainda professor quando se interessou pelas engenhocas electrónicas. Construiu emissores e ficou conhecido por fazer com um amigo as retransmissões piratas da televisão espanhola TVE para o concelho de Almeirim. Um projecto pirata que um dia acabou com o material apreendido pela autoridade de comunicações.

Já depois de aposentado instalou uma rádio FM na escola que dirigiu e entusiasmou-se pelo radioamadorismo, transmitindo vídeos por este sistema conhecido por banda do cidadão e que normalmente é usado para comunicações via rádio.

Numa entrevista que deu a O MIRANTE em 2011, disse que teve que por alguns alunos em sentido, salientando que ninguém gosta de tomar medidas drásticas, mas que às vezes é necessário. Contou que “havia uns alunos que eram potenciais delinquentes e que agora são adultos responsáveis com uma vida extraordinária”, realçando que “se calhar alguns não se perderam por haver alguma rigidez do conselho directivo”.

Sobre a sua profissão dizia nessa entrevista há 11 anos que o professor tem de ter consciência e também dar o exemplo mesmo na sua vida particular, considerando que não estão a dar o exemplo até pela forma como se apresentam. “Não sou reaccionário nem demasiado conservador, mas tem que haver o mínimo de dignidade”, comentava, salientando que um professor “vive ao lado dos seus parceiros, dos seus alunos, dos pais de alunos e se dá o mau exemplo não é respeitado por estes”.

Quando se interessou pelo radioamadorismo, através de colegas, esteve três meses a estudar a legislação e códigos de comunicação. Depois. Interessou-se por fazer as suas antenas e os seus equipamentos, em vez de os comprar já feitos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo