Sociedade | 01-12-2022 10:00

Dia de Luta Contra a Sida. A evolução ainda não desfez o preconceito

Dia de Luta Contra a Sida. A evolução ainda não desfez o preconceito
Director da Unidade de Doenças Infecciosas do HDS, Fausto Roxo, salienta que deve ser feito um teste ao vírus da Imunodeficiência Humana uma vez por ano

Neste dia 1 de Dezembro assinala-se o Dia Mundial de Luta Contra a Sida. O Director da Unidade de Doenças Infecciosas do Hospital Distrital de Santarém, Fausto Roxo, lamenta que ainda haja preconceito e ignorância em relação à doença.

É importante que cada um faça um teste ao HIV/SIDA pelo menos uma vez. O ideal seria todos os anos. O aviso é do director da Unidade de Doenças Infecciosas do Hospital Distrital de Santarém, Fausto Roxo, a propósito do Dia Mundial de Combate ao HIV/SIDA que se assinala a 1 de Dezembro. Realçando que a doença tem cada vez mais incidência nos jovens, o médico desmitifica alguns fantasmas que ainda existem acerca da doença, dizendo que se pode abraçar, beijar, partilhar talhares ou copos.
A unidade de Fausto Roxo acompanha mais de um milhar de utentes com HIV, um número que mais que duplicou em quatro anos. Há doentes acompanhados há mais de 20 anos.
Na vida de Fausto Roxo como médico há um doente que o marcou. A pessoa decidiu contar à família e o filho impediu-o de ver e tocar no neto. “O senhor chorou à minha frente por causa disso”, lembra, explicando que ele só estava obrigado a partilhar a informação a profissionais de saúde e com quem se relaciona sexualmente.
“A atitude do filho e da família só demonstra ignorância e preconceito que, infelizmente, ainda existe muito”, comenta, dizendo que em 30 anos evoluiu-se muito na terapêutica e no conhecimento da doença, mas pouco se evoluiu no acabar com o preconceito.


*Leia a reportagem desenvolvida na edição semanal em papel desta quinta-feira, 1 de Dezembro

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo