Sociedade | 14-12-2022 18:00

Remoção de açude no Alviela é projecto pioneiro em Portugal

Remoção de açude no Alviela é projecto pioneiro em Portugal
Os presidentes das câmaras de Santarém e de Alcanena, Ricardo Gonçalves e Rui Anastácio, durante a assinatura do protocolo. FOTO – CM Santarém

Um açude no rio Alviela considerado obsoleto vai ser removido na primeira quinzena de Dezembro.

Um açude no rio Alviela considerado obsoleto vai ser removido na primeira quinzena de Dezembro, caso as condições meteorológicas o permitam. A eliminação dessa barreira no leito do Alviela, numa zona de fronteira entre as freguesias de Louriceira (Alcanena) e Vaqueiros (Santarém) resulta de uma parceria entre os municípios de Santarém e de Alcanena e o GEOTA - Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente.
O protocolo de cooperação foi assinado no dia 2 de Dezembro, em Vaqueiros, pelos presidentes das câmaras de Alcanena e de Santarém, Rui Anastácio e Ricardo Gonçalves, respectivamente. Trata-se de uma acção pioneira no nosso país a que os autarcas e o representante do GEOTA deram o devido ênfase.
A intervenção é financiada pela Fundação MAVA, no âmbito do projecto Rios Livres GEOTA, abrangendo a remoção do açude, a estabilização das margens e a plantação de vegetação ribeirinha autóctone. Após a assinatura do protocolo realizou-se uma sessão de esclarecimento sobre a reabilitação do troço do Alviela e apresentação do projecto dirigida pela equipa Rios Livres do GEOTA e pelo representante da empresa especialista em reabilitação de rios, a E-Rio.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo