Sociedade | 15-12-2022 18:00

Bruno Videira que foi esfaqueado pela namorada conta a sua história

Bruno Videira que foi esfaqueado pela namorada conta a sua história
Bruno Videira foi vítima de violência doméstica até ao dia em que a companheira o esfaqueou durante uma discussão

A vítima fala sobre a relação tóxica, marcada por ciúmes doentios, possessão e privação da liberdade de escolha

Bruno Videira viveu durante dois anos numa relação tóxica, possessiva, marcada por ciúmes doentios e violência doméstica continuada da namorada, de nacionalidade brasileira, condenada agora pelo Tribunal de Santarém por tentativa de homicídio em sete anos de prisão.

Bruno Videira, esfaqueado e deixado a esvair-se em sangue no apartamento no centro de Santarém, já tinha tentado libertar-se da namorada, mas acabava por a aceitar de volta, acreditando em promessas de que tudo ia melhorar. Durante a relação não podia contactar com amigos, colegas de trabalho ou familiares como e quando queria.

As suas redes sociais eram vigiadas e um novo pedido de amizade era o suficiente para ser agredido com um candeeiro. Depois de o esfaquear, Cristiane Oliveira, brasileira que estava irregular em Portugal, fugiu e só se entregou às cerca de um mês depois.

*Leia a reportagem completa na edição semanal em papel desta quinta-feira, 15 de Dezembro

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo