Sociedade | 21-12-2022 21:00

Antigo posto da GNR de Alcanena vai ser reconvertido em habitação

A Câmara de Alcanena vai investir 600 mil euros na criação de seis fogos nas antigas instalações da Guarda Nacional Republicana.

A Câmara de Alcanena vai requalificar o antigo posto da Guarda Nacional Republicana (GNR) com o objectivo de o reconverter em seis fogos de habitação. O projecto tem um investimento previsto de cerca de 600 mil euros. O presidente do município, Rui Anastácio (PSD/CDS/MPT), explicou, em sessão camarária, que o objectivo é transformar o edificado em habitação a custos acessíveis ou enquadrada no “1º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação”. Este projecto visa apoiar a promoção de soluções para pessoas que vivem sem condições de habitação e que não dispõem de capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação adequada.
O imóvel já é propriedade do município, o que facilitou o processo. Agora será aberto concurso público para a obra no antigo posto da GNR. Rui Anastácio perspectiva que a obra possa iniciar-se na Primavera ou Verão do próximo ano. O autarca referiu que a empreitada vai ser candidatada ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para beneficiar de fundos comunitários. “Esta será a primeira de muitas intervenções que o actual executivo pretende realizar em edifícios devolutos nos cascos históricos de Alcanena e das outras freguesias do concelho num processo de reabilitação urbana que visa a requalificação de imóveis ou a reconversão de edifícios em habitação”, sublinhou Rui Anastácio. Recorde-se que, em Agosto deste ano, o presidente da Câmara de Alcanena anunciou que o município pretende avançar com um processo “muito sério” de requalificação e reabilitação do parque habitacional do concelho, que tem mais de um milhar de casas devolutas. Rui Anastácio explicou, na altura, que o município não pretende apenas ficar à espera que o mercado funcione. “Queremos dar alguns impulsos para que seja feita uma recuperação das habitações degradadas no concelho, nomeadamente também por privados, o que será uma medida importante para reverter a ‘sangria’ da população que está a diminuir”, reforçou.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo