Sociedade | 24-12-2022 18:00

Francisco Madelino pode estar de saída da Inatel

Francisco Madelino pode estar de saída da Inatel
Francisco Madelino

Presidente da Fundação Inatel é considerado uma pessoa arrogante, de mau feitio, e alguns trabalhadores dizem que governa com o rei na barriga.

Recorde-se que está a ser acusado de má gestão, favorecimento e despesismo.

A notícia da revista Visão e de O MIRANTE causou uma pequena tempestade na Inatel. O MIRANTE conversou ao longo dos últimos dias com dois funcionários da instituição que se demarcaram das denúncias que chegaram ao primeiro-ministro e ao Presidente da República, mas que confirmam que “Francisco Madelino é um político com o rei na barriga na gestão da Inatel”.
Tal como O MIRANTE avançou na passada semana, Francisco Madelino está a ser acusado de má gestão, favorecimento e despesismo, segundo denúncia anónima que, em princípio, só pode ter saído de quem conhece bem o funcionamento da fundação.
“Confirmo que ele só faz asneiras, que se meteu a jeito para ser contestado, que é uma pessoa sombria, e que embora fale pouco é arrogante no trato, tem tiques de má educação”, disse a O MIRANTE um dos funcionários, que acrescentou ainda esperar, como muitas das pessoas que conhece dentro da Fundação, que Francisco Madelino esteja de saída.
Recorde-se que a Inatel é uma instituição governamental conhecido por ser um refúgio para políticos sem emprego e por ser também uma das instituições do Estado onde se juntam mais representantes do sindicalismo, do turismo, das autarquias, entre outros organismos com importância na representação de importantes instituições da democracia portuguesa, embora estejam apenas no conselho consultivo, que é um simples órgão de consulta, apoio e participação na definição das linhas gerais de actuação da Fundação Inatel.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo