Sociedade | 25-12-2022 21:00

Loja solidária em Santarém combate estigma da doença mental

Loja solidária em Santarém combate estigma da doença mental
Espaço Trocas assinalou 7° aniversário com a presença de elementos do Hospital Distrital de Santarém e autarcas locais

O Espaço Trocas de Santarém é uma loja solidária comunitária mas também um projecto de inclusão e reabilitação psicossocial para pessoas com doença mental.

Actualmente, existem 370 utilizadores inscritos e uma média de 10 atendimentos diários. Funciona na delegação da União de Freguesias da Cidade de Santarém, em São Domingos.

Dulce e Isabel recebem as pessoas atrás do balcão com um sorriso. Oferecem um café e chá quente ou bolinhos. São conhecidas como as ‘guardiãs’ do Espaço Trocas. Foram utentes do Hospital de Dia de Psiquiatria do Hospital Distrital de Santarém (HDS) e depois de terem alta hospitalar continuam a ajudar no Espaço Trocas, que assinalou o 7º aniversário a 14 de Dezembro. A loja funciona numa antiga garagem do edifício da União de Freguesias da Cidade de Santarém, na delegação de São Domingos.
Carla Ferreira, enfermeira no HDS e responsável do Espaço Trocas, explica a O MIRANTE que esta é uma loja solidária comunitária. Quem quiser pode doar algo que não lhe seja mais útil mas que possa ser reaproveitado por famílias carenciadas. Na entrega a pessoa recebe uma moeda de troca, a chamada ‘cabacinha’, e pode escolher algo para levar para casa que esteja na loja. Segundo Carla Ferreira, o Espaço Trocas é muito mais do que uma loja. É um projecto de inclusão e reabilitação psicossocial para pessoas com doença mental. “Este espaço privilegia a reabilitação e capacitação da pessoa com doença mental”, sublinha.
A enfermeira afirma que ainda existe um estigma em relação à doença mental e continua a ser difícil combatê-lo. “Quando temos uma dor numa perna chegamos a casa e queixamo-nos, mas quando estamos tristes e a tristeza não passa temos tendência a isolar-nos e a fechar-nos sobre nós próprios. Temos que trabalhar em conjunto para ‘normalizar’ a doença mental”, explica Carla Ferreira.
O Espaço Trocas é uma parceria do Hospital de Dia de Psiquiatria do Hospital Distrital de Santarém com a União de Freguesias da Cidade de Santarém. O presidente da junta de freguesia, Diamantino Duarte, elogiou o projecto e referiu que foi possível dar vida a um espaço, no edifício da junta em São Domingos, que estava desaproveitado e colocá-lo ao serviço da comunidade. O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, destaca a importância de trabalhar em parceria e alertou também para a importância de quebrar estigmas com a doença mental e reintegração das pessoas. “É um estigma que tem que ser quebrado. Este projecto tem conseguido fazê-lo. Experiências como estas, integrar os utentes na comunidade contribui muito para desmistificar este estigma. Se existem problemas do foro psicológico ou psiquiátrico tem que ser tão habitual como outro tipo de doenças. Tem que se começar a retirar o selo da cabeça das pessoas só porque são acompanhadas por um psiquiatra”, sublinhou Ricardo Gonçalves.
Actualmente, existem 370 utilizadores inscritos no Espaço Trocas com uma média de 10 atendimentos diários. Já conseguiram integrar 31 utentes com “melhorias significativas”. Os produtos mais procurados são alimentos, produtos de higiene e limpeza, roupa e utensílios de cozinha. Nos últimos tempos tem havido um aumento de procura por alimentos. O Espaço Trocas tem conseguido ajudar algumas pessoas mas quando não consegue reencaminha para entidades responsáveis. A comemoração do aniversário do Espaço Trocas terminou com a actuação do coro do Hospital de Dia de Psiquiatria e da Tuna Anima Hd do HDS.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo