Sociedade | 26-12-2022 15:00

Pias Longas pode ser um aeródromo regional e ajudar turismo de Fátima

Pias Longas pode ser um aeródromo regional e ajudar turismo de Fátima
Daniel Morgado, presidente do Pias Longas Aeroclube, na torre do aeródromo do concelho de Ourém

Com uma pista com todas as certificações exigidas o aeródromo de Pias Longas, às portas de Fátima, tem condições para ser uma plataforma regional de transporte de passageiros e mercadorias.

Mas é preciso concluir as obras, para que a pista fique com mil metros, e que seja alcatroada. Um investimento que permite receber aviões com até 50 passageiros.

O aeródromo de Pias Longas, no concelho de Ourém, tem todas as condições para ser um aeródromo regional, podendo assim receber voos de aviões ligeiros até 50 lugares para passageiros ou com espaço para pequenas e médias mercadorias. Mas é preciso que as entidades se unam neste objectivo que é um sonho de Daniel Morgado, presidente da Associação Pias Longas Aeroclube, fundada em 1996, que detém há cinco anos a concessão de 50 anos da pista propriedade da Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Misericórdias. A pista, num local com uma vista sobre o castelo de Ourém e sem interferências na paisagem para a segurança aeronáutica, pode ser uma mais-valia para Fátima, a poucos quilómetros, valorizando o turismo. Prova disso é o facto de o tenor italiano Andrea Bocelli ter aterrado em Pias Longas quando deu um concerto em 2018 na cidade santuário.
O sonho do aeroclube é possível de concretizar com a realização das últimas obras que permitem ficar com uma pista de mil metros e com o asfaltamento do piso. Um objectivo que Daniel Morgado gostaria de ver concretizado em 2023, mas que só é possível com a participação da Câmara de Ourém. Com umas instalações novas, com hangares modernos, uma torre de controlo, salas de briefing para pilotos e espaços para criação de outras valências, como formação para pilotos ou mecânicos de aeronáutica, além de um restaurante com capacidade para 200 pessoas, só falta mesmo o melhoramento da pista que tem todas as certificações para poder operar como aeródromo regional.
As modernas instalações foram construídas com o dinheiro da compensação pela deslocalização da pista que estava noutro local, mais a sul, onde uma empresa instalou um parque eólico. A nova pista, ao contrário da anterior, foi construída com base em estudos técnicos em relação à sua orientação tendo em conta a direcção dos ventos e as condições de segurança. A relevância da pista é também valorizada por entidades da área, sendo escolhida para fazer a final da volta anual da Associação Portuguesa de Aviação Ultraleve, que reúne três dezenas de aviões desta categoria.
Daniel Morgado gostaria que o aeródromo tivesse mais actividade e que existisse mais dinamismo na aviação na região, uma das que tem mais aeródromos, sugerindo que devia haver mais interacção entre as várias entidades que exploram as pistas. Com a ideia de que Pias Longas pode assumir-se como uma plataforma de ajuda à mobilidade de passageiros e ao transporte de mercadorias para Fátima, o concelho de Ourém e a região, o presidente do aeroclube destaca que em 2023 o aeródromo vai receber mais dois aviões de um novo associado que passará a estar baseado na localidade.
Os hangares e a pista de Pias Longas estão também a servir de base a uma empresa espanhola que tem dois helicópteros, que são usados no combate a incêndios e em outras actividades. O aeroclube também tem um avião que pode ser usado para fazer baptismos de voo ou para outro tipo de serviços. Daniel Morgado, que é também um dos fundadores do aeroclube, lamenta que sejam poucos os elementos disponíveis para se fazerem eventos de maior envergadura, apesar de promoverem, sempre que possível, festivais aéreos e de acrobacias, entre outras iniciativas. Por exemplo, o aeroclube teve de abdicar de fazer a passagem de ano por não ter conseguido arranjar pessoal para servir à mesa.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo