Sociedade | 27-12-2022 07:00

Bombeiros de Azambuja escrevem ao Pai Natal a pedir veículo de desencarceramento

Corporação de Azambuja utiliza uma carrinha de caixa aberta para transportar o material de desencarceramento.

Numa carta dirigida ao Pai Natal mas também a todos aqueles que possam ajudar, o comandante dos Bombeiros de Azambuja, Ricardo Correia, em representação do corpo activo, lembrou que a corporação continua a necessitar de veículo de desencarceramento, um meio essencial para dar resposta a situações de socorro em acidentes rodoviários.

“Não pedimos esta prenda porque somos vaidosos, ou porque queremos ter algo único e novo, pedimos porque queremos que todos os dias os nossos bombeiros tenham as melhores condições para prestar socorro, mas principalmente a garantia que chegam a casa em segurança, uma vez que o actual veículo já não a garante”, lê-se na missiva.

Há uma década que a corporação de Azambuja não tem uma viatura para desencarcerar vítimas e tem utilizado uma carrinha de caixa aberta para o efeito, colocando em risco a eficácia do socorro e a segurança dos operacionais.

Estima-se que o novo veículo de desencarceramento custe entre 200 a 300 mil euros. A Junta de Azambuja, recorde-se, fez em Outubro passado uma doação no valor de cinco mil euros à Associação Humanitária dos Bombeiros de Azambuja para ajuda à compra da viatura.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo