Sociedade | 28-12-2022 18:00

Derrocada de muro ameaça casas no Bairro da Mata em VFX

Derrocada de muro ameaça casas no Bairro da Mata em VFX
Hugo Roldão e Sérgio Ribeiro vivem na zona e garantem que há muito que o assunto é motivo de alerta na câmara

Moradores temem que aconteça uma tragédia. Câmara de Vila Franca de Xira garante que os serviços técnicos já estiveram no local e que está a ser preparado um projecto de intervenção que acontecerá no próximo ano.

Um muro de contenção de terras no Bairro da Mata, em Vila Franca de Xira, abateu e está a colocar em risco os edifícios das proximidades, situação que alarma os moradores da zona. As chuvas fortes das últimas semanas fizeram as terras deslizar contra o muro, que não resistiu mais à pressão e está agora perigosamente tombado. Diz quem ali vive que se nada for feito em breve as terras da encosta vão acabar por atingir os prédios e pedem ajuda.
Hugo Roldão e Sérgio Ribeiro, administradores do condomínio Edifício da Mata, já fizeram chegar por várias vezes as suas preocupações ao município. “É pena que ao fim de dois anos a tentar contactar o município ninguém tenha marcado presença no local sem ser a visita recente do vereador David Pato Ferreira. Isto diz muito sobre a inacção da autarquia, que parece que se tem esquecido do nós” comentam.
O município garante que a fiscalização municipal já esteve no local e que está a ser preparado um projecto de reabilitação daquele muro com carácter de urgência mas que a intervenção, entre projecto e procedimento concursal, só acontecerá no próximo ano. A obra está também contemplada no orçamento para o próximo ano, que inclui ainda a reparação de outros muros de contenção noutras zonas do concelho.
O presidente do município, Fernando Paulo Ferreira, admitiu em reunião de câmara que a empreitada terá de obedecer às regras e prazos legais mas que poderá vir a ser evocada uma situação de emergência para acelerar o processo. Em qualquer dos casos ainda deverão faltar vários meses até que os trabalhos arranquem.
O vereador David Pato Ferreira, da coligação Nova Geração (PSD/PPM/MPT), já tinha alertado em reunião de câmara para a perigosidade da situação, já que o paredão suporta a pressão de toda a encosta sobranceira aos prédios e o deslizamento de terras não facilitou a situação. “Moram ali pessoas e é preciso muito cuidado com este muro. Não podemos demorar a intervir”, apelou.

Outro muro perigoso no bairro
Numa visita ao Bairro da Mata O MIRANTE encontrou José Sequeira, 82 anos, que alerta também para a perigosidade de outro muro do bairro situado numa das estradas de terra batida e que ruiu parcialmente há algum tempo devido a chuvas fortes. “Antigamente vinham cá muitas vezes, tanto presidentes como vereadores e adjuntos. Depois passou a ser apenas na altura das campanhas, para ver se íamos votar. Agora que estamos aqui meia dúzia de velhos já não querem sequer saber de nós, estamos isolados”, lamenta. Neste momento o muro está a aguentar-se apenas devido a um poste de electricidade e às raízes do canavial. “É uma questão de semanas, se não menos. Bastam duas chuvadas fortes para as terras virarem lama e lá vai o muro direito para o meio da estrada e em direcção à ribeira o lado”, vaticina.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo